A nova Era Ceni

aaaaa

O assunto que mais se ouviu ou se leu essa semana, foi sobre o técnico do São Paulo em 2017. Como era esperado, Rogério Ceni foi o nome escolhido pelo time e não poderia ser diferente. Porém, observamos que há medo dos próprios torcedores e inquietação dos rivais. Nesses dias eu li coisas como “Rogério vai manchar sua história como ídolo”, “Quem é Rogério para treinar algum time?”, entre outras coisas.

Creio eu que os números dele é conhecido por todos, mas vale a pena lembrar:

  • 1.237 partidas com a camisa do São Paulo e encerrou a carreira como o atleta que mais defendeu o mesmo clube na história do futebol
  • 131 gols na carreira, sendo 61 de falta, 69 de pênalti e 1 considerado de bola rolando (está no Guinness como o maior goleiro-artilheiro da história do futebol)
  • 978 jogos como capitão
  • 18 títulos pelo São Paulo

Quem melhor para comandar uma equipe do que alguém que é totalmente apaixonado pelo clube e que se dispôs a ficar 1 ano estudando, aprimorando seus conhecimentos sobre o futebol? Ceni fez curso da Federação Inglesa para formação de técnicos, visitou times como Chelsea, Sevilla (conversou com Sampaoli), Liverpool (conversou com Klopp) e também fez uma aula teste com uma equipe da 7ª divisão da Inglaterra.

Todos nós temos dúvidas de como Rogério irá se comportar como técnico, mas temos que lembrar que todos grandes técnicos começaram de alguma forma, não nasceram técnicos e sim se prepararam para tal e começaram com algum clube. Tite, por exemplo, era lateral, após lesões no joelho, largou o campo e foi para faculdade, PUC-Campinas, onde se formou em educação física e começou como treinador comandando o time Guarany de Garibaldi. Outro exemplo é Guardiola, que começou jogando como meia no Barcelona aos 13 anos, iniciou-se como treinador recentemente, em 2007, treinando o Barcelona B, depois de alguns títulos treinou o time principal.

Rogério tem tudo para dar certo, tem amor a camisa, conhecimento, trabalhou com técnicos formidáveis (Telê Santana, Muricy, entre outros) e está disposto a sempre aprender mais. Isso é o que deixa os rivais preocupados. Claro que há aquele “medinho” de em alguma vez que ele errar, a torcida “caia matando”, entretanto esperamos que isso não aconteça e que a torcida o apoie todo momento, como sempre o apoiou, nos 25 anos de São Paulo.

O contrato de Ceni terá dois anos de duração e multa rescisória atrelada à sua produtividade. Por exemplo, se no segundo ano ele não atingir certo patamar, a multa deixa de existir, e o São Paulo poderia dispensá-lo sem custos, da mesma forma que ele poderia largar o clube sem pagar. Por outro lado, se Ceni atingir ou até superar metas, terá bonificações e aumentos.

“O grande segredo do futebol é administrar pessoas e se relacionar bem com seus jogadores. São eles que podem fazer diferença. Eu quero que eles vejam futebol da maneira como eu via quando jogava, eu quero um time vencedor, que tenha uma mentalidade vencedora. Eu tenho certeza de que eles vão entender isso, já conheço muitos deles e sei da mentalidade vencedora que eles têm” – Rogério Ceni

cabeçalho millen

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s