Faltou o principal: Futebol

Ontem assistimos um jogo com um São Paulo que a tempos não víamos. O time esteve irreconhecível no primeiro tempo, desligado e afobado. Os desfalques fizeram falta, mas não justificam o que aconteceu na partida. Um time desarticulado, desorganizado, errando diversos passes e sem oferecer perigo no primeiro tempo ao time do Figueirense. Ao que parece o posicionamento proposto pelo Bauza não encaixou, e confundiu bastante os jogadores, que pareciam perdidos, alguns sem função. Em erro assim em Libertadores é o suficiente para comprometer toda uma campanha.

2619_crop_galeria

Pelo resultado diante do Palmeiras, especialmente pela postura dos jogadores em campo, imaginei sinceramente que os três pontos estavam garantidos. Já estava projetando um bom resultado junto com os próximos dois jogos, contra Cruzeiro e Atlético PR. Três vitórias que certamente nos posicionariam entre os três melhores da tabela. O futebol é uma caixinha de surpresas, mas nem tanto. Tomamos um gol de bola aérea, previsível por ser um dos nossos pontos fracos na temporada. Uma bola enfiada pelo nosso lado mais frágil, nas costas de um jogador que não vivia um bom dia, e desviada por um zagueiro que nunca dá sorte. Deu no que deu.

Auro e Matheus Reis definitivamente não caíram como uma luva no esquema de ontem. O último não conseguia acertar a maioria dos passes, parecia nervoso. O primeiro parecia completamente perdido, sem função. Com esses problemas e um Figueirense fechado após o gol, a bola não chegava redonda no Kardec, e ficamos reféns dos lançamentos. Passado o primeiro tempo o time foi levemente ajustado para a segunda etapa, logo notamos uma melhora, com as chegadas na frente começando a acontecer.

622_b50479f2-fcf5-30f0-88e5-60e780b3623e

A impressão é que a experiência feita no primeiro tempo falhou, e isso foi percebido pelo Bauza, que ajustou no intervalo. Infelizmente os ajustes não foram suficientes para bater um Figueirense que vinha para segurar o placar e conquistar sua primeira vitória no campeonato. O time estava todo atrás e ficou difícil chegar na área. Com a entrada de Kelvin e Rogério o tricolor ganhou mais movimentação e mais oportunidades surgiram. Na minha opinião os dois deveriam ter entrado desde o início da partida.

Mais três pontos perdidos, que certamente farão falta no fim do campeonato. Pior, estamos perdendo a oportunidade de estar no G4, e chegar com moral elevada para as semifinais da Libertadores. Não é momento para poupar jogador e fazer experiências, deixemos para poupar faltando dez dias para a semifinal. Até lá, é preciso garantir duas vitórias nas partidas que virão, e ocupar um lugar mais confortável na tabela. Tudo isso servirá como suporte emocional para a equipe, que precisa chegar motivada numa semifinal que representa toda uma temporada de trabalho.

Isabelle Guerini – Torcedora Apaixonada

cabeçalho isa

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s