O que é um clássico?

palmeiras-x-spfc

Saudações tricolores!

O SPFC encara hoje o Palmeiras pelo Brasileirão. O time vem de um empate um tanto quanto melancólico contra o Coritiba no PR. E hoje enfrenta o time alvi-verde no Morumbi.

O jogo de hoje é um clássico. Assim como SPFC x Corinthians, assim como SPFC x Santos. Clássico é aquele jogo diferente. Os especialistas em pontos corridos vão dizer que o jogo de hoje vale os mesmos 3 pontos de que qualquer outro. Matematicamente falando sim, mas não tem como considerar o jogo de hoje como enfrentar qualquer outro time no Brasileirão. E futebol sempre foi além da mera matemática.

Clássico geralmente envolve times de uma mesma cidade: é assim com Guarani x Ponte, Internacional x Grêmio, Cruzeiro x Atlético e por aí vai. Torcedores costumam tirar sarro de colegas na escola ou no trabalho após um clássico, uma vez que convivem juntos. O lado lúdico do futebol envolve isso. Aí que está a delícia de um clássico. No entanto, mediante as novas diretrizes do chamado ‘futebol moderno’, que tirou torcidas mistas, criou torcida única em clássico, o fim dos bandeirões etc., o clássico parece ter sido reduzido a um mero jogo, só mais um. Mas não é e nunca será.

A beleza de um clássico está em justamente na rivalidade. Algumas ações, praticadas por gestores, sinceramente, desanimam qualquer um que acompanham futebol, conforme as citadas acima: torcida única raramente faz com que os índices de violência diminuam muito, uma vez que as torcidas não costumam brigar NO estádio e sim muitas vezes longe deles. O fim dos bandeirões, sob o quesito que podem virar armas, faz com que o espetáculo da arquibancada perca sua beleza. Troféus disputados entre dois times, com o nome de algum dirigente importante para um ou outro clube amenizam a rivalidade e até a transforma em algo banal, algo que Corinthians e Palmeiras fizeram anos atrás. Internacional e Grêmio também tomaram a mesma atitude.

A violência não tem que ser sinônimo de clássico no futebol. Infelizmente, no Brasil, acabou virando sinônimo. A barbárie pode acontecer seja em clássico seja em qualquer jogo. A tendência é sim, infelizmente, acontecer em clássicos, uma vez que as torcidas são maiores e a rivalidade aflora. Atitudes como a identificação dos torcedores e a punição dos envolvidos em brigas seria algo fundamental. E quando falo em punição é punição MESMO, daquela que impede o indivíduo de sequer chegar perto de um estádio novamente. Mas infelizmente os clubes parecem estar na mãos de ‘torcedores organizados’, que muitas vezes só vão para o estádio para brigar, para elevar sua auto-estima em brigas e pouco se importam com o clássico em si. A certeza da falta de punição e o fato que indivíduos costumam-se transformar quando em grupos faz com que a violência ainda seja extremamente associada a clássicos.

O SPFC não vence um clássico há 10 jogos. É uma estatística horrorosa, uma vez que vencer um clássico dá um ânimo ao time, é algo totalmente diferente ganhar 3 pontos em um clássico do que em um jogo comum. A torcida cobra, clássicos derrubam técnicos, do mesmo jeito que elevam o moral do time e dão ao torcedor aquela esperança que o ano pode ser vitorioso.

Obviamente que o SPFC se preocupa com a Libertadores, mas para chegar ‘voando’ nessa decisão, é bom manter-se em forma e somar pontos no Brasileirão. E manter o espírito brigador elevado. E para isso, nada melhor que 3 pontos em um clássico.

Thaís C Paradella

Crédito da foto: spfc.terra.com.br

IMG_20160403_092137

Anúncios

Um pensamento sobre “O que é um clássico?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s