Já passou da hora da incompetência sair

denis

Se existe algo na vida que eu considero justíssimo chama-se meritocracia. Infelizmente, vivemos em um país no qual essa palavra ganhou ares de algo injusto. Mas não é. O conceito é simples: se você é bom, será recompensado por isso. Quanto mais você fizer, mais irá receber. A meritocracia é um conceito que deveria ser passado às crianças desde tenra idade, pois elas perceberiam que se estudassem mais, tirariam notas melhores. Se dedicassem-se mais a seus projetos, aumentaria a chance deles serem bem sucedidos.

E onde entra o futebol nisso tudo? No conceito de meritocracia, não há espaço para ‘coitadinhos’, não há espaço para ‘dó’ etc. Ou o cara é bom e fica na posição. Ou dá espaço pra outros.

O melhor exemplo de como não temos meritocracia no futebol hoje é o goleiro Denis. Denis foi reserva de Rogério Ceni por vários anos no SPFC. Teve todo o tempo possível para treinar fundamentos (ex., saída do gol), pois dificilmente era cobrado. Mas sabia-se que um dia ele iria virar titular. E esse momento no SPFC chegou. E o que se observa? Erros grotescos. ‘Ah, mas ele fez algumas defesas’. Até faz, mas apresenta erros infantis, erros esses que alteram o placar contra o SPFC.

Acho que grande parte dos tricolores que acompanham o SPFC percebem que Denis não tem condições técnicas de ser titular do SPFC. Os que defendem sua titularidade geralmente usam argumentos como ‘mas ele foi reserva tanto tempo, está na hora de ter sua chance… Tadinho’. Percebem que o conceito de meritocracia passa longe de quem o defende? Não vi até agora ninguém dizer ‘Denis merece ser titular porque é um excelente goleiro, passa segurança, tem ótimos fundamentos técnicos’. O conceito de meritocracia passa longe da escalação de Denis.

Conclusão, do mesmo jeito que o conceito de meritocracia no Brasil tem que voltar e ser amplamente divulgado, a escalação de Denis como titular do SPFC não encontra subsídios. Ele teve tempo mais do que suficiente para se preparar pra esse momento e tem tido apresentações pífias, tanto que no último jogo, ao ser substituído por Maicon, boa parte da torcida ‘agradeceu’ o fato dele não ser o titular no próximo jogo.

E do mesmo jeito, a diretoria do SPFC tem que ‘se livrar’ de nomes como Ataíde, Gustavo, que já demonstraram não ter a menor qualidade nem requisitos técnicos para ocupar o cargo que ocupam, a camisa 1 do SPFC também merece alguém que tenha muita qualidade e que mereça estar lá.

Está mais do que na hora da meritocracia voltar ao futebol tricolor.

IMG_20160403_092137

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s